Cinco dicas para um vídeo pré-casamento perfeito

O registro do grande dia é sempre uma decisão importante para os noivos. Escolher alguém que consiga passar todo o amor do casal, que transmita a emoção e compreenda toda a história com um olhar sensível e apurado é essencial para ter a recordação deste momento especial.

“Não basta ceder um simples espaço na agenda para gravar horas de uma cerimônia de casamento. É preciso atender a demanda de noivas afoitas por algo que fuja do padrão formal e já cansativo”,… revela Vivian Althoff, empresária da produtora de filmes Metade da Laranja.

Ela e o sócio, Rafael Niess, entendem a necessidade da atenção aos detalhes e do envolvimento com os noivos para este trabalho. “Nos tornamos amigos do casal, nos aproximamos para conhecer como tudo começou, do primeiro olhar até a decisão de subir ao altar. Com esta personalização, deixamos de fazer apenas o registro do grande dia para roteirizar um filme da vida do casal”, completa Rafael.

Algumas dicas são fundamentais para ajudar os noivos na escolha certa para ter o resultado esperado no vídeo, seja do pré-casamento  ou da própria cerimônia. A partir da experiência neste mercado, Vivian Atlhoff e Rafael Niess indicam algumas questões importantes para não errar na escolha dos itens que compõem o vídeo.

  1. A escolha dos profissionais: antes de tudo é importante trabalhar com empresas idôneas e que tenham um bom histórico. Pesquisar muito sobre os trabalhos já desenvolvidos pela produtora e, se possível, consultar noivos que possam falar sobre sua experiência com a empresa escolhida. Perguntar do atendimento pré e pós-venda, do pós-casamento, prazos de entrega, se atendeu a todos os pedidos.
  1. A escolha da locação: quando for fazer o pré-casamento , escolha um lugar que transmita uma mensagem e não apenas um lugar bonito. Lugares bonitos são importantes, mas lugares sentimentais rendem mais histórias. Não force a barra! Se o casal detesta areia, não tem que fazer um ensaio pré ou pós na praia, por exemplo. Se odeiam campo, um ensaio urbano é mais indicado.
  1. Roupa indicada: tudo depende do tema escolhido. A roupa pode ser escolhida em função da história que se quer contar. “Tivemos um casal que começou a namorar na Festa Pomerana, então não só o pré-casamento  foi feito lá, como também o traje típico foi o figurino escolhido”, comenta Rafael. Não existe um padrão, pois depende muito do clima ou local, mas a dica são roupas que os noivos usariam em outros momentos, para que se sintam à vontade e sejam naturais.
  1. Maquiagem e cabelo: menos é mais! O ensaio é uma forma de registrar em imagens a união do casal e como será uma recordação eterna, quanto mais atemporal for, melhor. Maquiagens básicas e delicadas são mais indicadas. Para o cabelo também é indicado o mais natural possível.
  1. Escolha da trilha sonora: a sensibilidade do editor neste momento é fundamental. Rafael comenta que o mais importante é que a música e imagem conversem entre si e uma complemente a outra. “O editor observa o clima da gravação e leva em consideração o gosto pessoal dos noivos para não correr o risco de colocar algo que não agrade”, explica. “Alguns casais já têm em mente a trilha que querem e a edição é feita em cima dela, mas na maioria dos casos confiam na escolha da produtora”, conclui.

Published by Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami