Vestido de noiva usado, é uma boa?

Eu sou mega suspeita para falar sobre esse assunto… Já contei a história do meu vestido lá no canal do Youtube, massss como recordar é viver… lá vai um breve resumo.

Eu comprei o meu vestido de noiva em um bazar de usados de uma loja especializada em trajes para casamento bem famosa aqui em Curitiba. Meu noivo viu um comercial sobre isso na TV e me avisou. No dia não tinha nada mais pra fazer e convidei minha mãe pra ir comigo, super sem compromisso pra ver o que eu encontrava nesse tal bazar. 

Faltava mais de um ano pro meu casamento, e adivinhe!? O PRIMEIRO vestido que experimentei foi o que laçou meu coração. Eu emburreci de amores por ele. Experimentei vários outros (inclusive em melhor estado) mas achei aquele tão a minha cara que não consegui deixar passar. 

Prós

Comprar ou emprestar um vestido usado é uma boa forma de economizar. Mas vale lembrar que a economia não pode ser a razão de tudo. Você precisa gostar do modelo, se sentir bem com ele. Se tudo isso conspirar a seu favor, então abrace a causa.

Atualmente estamos caminhando para um novo momento, onde a preocupação com o meio ambiente e com o consumismo desenfreado está culturalmente mais forte em nós. Isso também vale para vestidos de casamento. Dar uma nova chance para algo que já existe, ajudar as coisas a terem um ciclo maior de vida é uma atitude muito valiosa nos dias de hoje.

Outra vantagem de comprar vestidos de segunda mão, é que você pode vendê-lo depois, resgatando parte do valor gasto, deixando outra noivinha feliz e economizando recursos do planeta!

Vejo famílias que aproveitam os vestidos das avós, bisavós e mooooorro de inveja (invejinha boa, de admiração, tá?). Além de ter um valor sentimental, a qualidade desses vestidos mais antigos é incrível. Já pensou que tudo casar com o vestido que foi da sua avózinha, que começou toda a história da sua família?


Princesa Beatrice casou usando vestido e tiara da rainha Elizabeth II (Foto Benjamin Wheeler)
Reprodução

Contras

Se você quer algo exclusivo, novinho, uma página em branco para começar a história do seu casamento, então talvez essa ideia não seja a melhor para você.

Outro fator que precisa ser considerado é que vestidos usados nem sempre caem como uma luva em você. Esse foi o meu caso. Me apaixonei por um vestido que precisava de muitos reparos (porque ele estava bem usadinho) e de quebra era pelo menos 1 número maior que o meu tamanho. Resultado, gastei uma quantia significativa para deixá-lo perfeito para mim.

Por isso, pense e planeje muito bem a compra do seu vestido usado pela internet. Porque o ideal mesmo antes de comprar, é prová-lo. Outro fator importante: É melhor comprar um vestido um pouquinho maior que possa ser ajustado do que ter que fazer dietas malucas para caber no vestido.

Comprar um vestido usado com antecedência é a melhor estratégia. Para fazer os ajustes e ficar perfeito em você, leva tempo. Logo, se você decidiu casar a toque de caixa, o ideal é comprar ou alugar um vestido em uma loja física da sua cidade, para que esse processo de ajustes possa ser mais rápido.

Published by Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami