Os 6 gastos extras que podem pegar os noivos de surpresa

Mesmo que os noivos sejam do perfil financista e coloquem absolutamente tudo no papel antes de tomar qualquer iniciativa na contratação dos serviços para casamento, sempre terão aquelas situações onde somos pegos de surpresa, por isso é importante que se tenha uma “verba para emergências” garantindo que o casamento comece sem contas indesejadas.

Os gastos extras mais comuns são:

– Ajuste ou conserto  do vestido de noiva.
Para as noivas que assim como eu compraram seus vestidos, lá vai a dica. O conserto pode sair caro! Foi o que aconteceu comigo. Comprei o vestido por um preço camarada, mas para fazer todos os ajustes e deixá-lo impecável para o casamento, paguei o triplo do previsto.

– Contrato com tempo de permanência limitado do local da recepção.
Preste muita atenção e leia com muito cuidado as cláusulas do contrato de prestação de serviços do buffet e do local da recepção. Algumas empresas limitam o tempo de permanência (geralmente em 6 horas) cobrando uma fortuna pela hora adicional. Então pense no empasse: Você planejou por meses ou anos o seu grande dia a festa está bombando, os convidados se divertindo horrores, e o contrato permite que a festa permaneça até as 02 da madrugada. O que você faz?

(  ) Se desespera e manda todo mundo embora?
(  ) Pega o microfone e avisa os convidados que eles podem ficar  somente até as 2 ?
(  ) Pede para o garçom ligar a luz e pede que a banda ou DJ parem de tocar.
( xxxxx ) Deixa a festa rolando porque esse dia é o mais importante da suas vidas e vocês precisam aproveitar cada momentinho dele.

Pois é, a situação é meio injusta eu sei, então para garantir, tente negociar uma horinha a mais (pelo menor 7 horas de permanência  – que julgo ser o ideal). O mesmo pode acontecer com o contrato de DJ e fotografia, escolha profissionais que garantam a sua permanência até o fim da festa.

– Bebidas fora do pacote do buffet. 
Além de escolher o cardápio, é importante que fique bem claro no contrato quais são as bebidas que a casa oferecerá no pacote, as que não estão incluídas e qual será o valor cobrado por cada uma delas. Por exemplo: O contrato que você assinou inclui além do buffet, refrigerantes, sucos e água. A cerveja não faz parte, mas poderá ser servida pela casa, logo ela terá que colocar no contrato que a cerveja de marca X custará R$ x reais por garrafa no dia do evento. Além disso, verifique também se o local cobrará a rolha pelo whisky, vinhos e espumante do brinde.

É feio “regular bebidas” aos convidados, por isso você tem que estar preparada para esse gasto extra, porém se tudo estiver devidamente esclarecido, esse gasto será moderado e dentro das estimativas.

– Contratos rescindidos.
O casamento é um evento complexo, pois exige a contratação de muitos fornecedores com muito tempo de antecedência, por isso o risco de um deles não ser bem do jeito que você queria é passível de rescisão de contrato. Ao longo do caminho vamos percebendo a qualidade do serviço e  a insatisfação pode gerar uma perda de uma parcela paga ou sinal. Isso aconteceu comigo. Contratei uma cerimonial que parecia ótima, mas com o tempo comecei a perceber que ela não dava a devida atenção a nós, foi batata, cancelei o contrato e encontrei uma maravilhosamente melhor, né Flávia ; )  Perdi um sinal mais ganhei na troca de profissional. Pensamento positivo, certo?

– Taxas e documentações.
Quando a cerimônia é na Igreja, saiba que os custos de “locação” podem quadruplicar se ela não é da mesma região que você mora. Além disso, alguns documentos exigidos tem custo para emissão de 2° via, (a certidão de batismo, por exemplo) e o serviço de transferência da documentação da sua paróquia  para a paróquia escolhida para a cerimônia também.
Dica:  Se você não pretende ter gastos extras com taxas deste tipo, case na paróquia da sua região, certamente você pagará muito menos por isso.

– O dia seguinte.
Certifique-se que a limpeza do local e remoção dos artigos decorativos não sejam cobrados separadamente. Além disso, considere seu primeiro dia pós casamento como um “feriado” por isso é importante  planejar o primeiro almoço e jantar. Mesmo que vocês fiquem em um hotel na noite de núpcias, não dá pra voltar pra casa e fazer um miojo  para o jantar, concorda???

 

 

Published by Rubia Rocha

Rubia Rocha, publicitária, designer e apaixonada por artesanato, estava decidida a produzir o seu próprio casamento na intenção de encontrar alternativas criativas para subir ao altar. Para se organizar melhor, começou a arquivar as melhores inspirações e ideias no Blog do casamento, que hoje é referência no assunto.

3 comments on “Os 6 gastos extras que podem pegar os noivos de surpresa”

  1. Muito bom o post. Noivei agora no começo de janeiro e devo casar só em 2014 (se assim for a vontade de Deus). É bom ficar informada sobre esses assuntos. Pretendo alugar um sítio para o fim de semana inteiro e fazer a cerimônia e a festa no mesmo local. Será que vai dar certo?!!!!
    Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Bitnami banner
Bitnami